Precisamos trocar uma ideia sobre Lista de Lily.  A banda brasiliense de rock psicodélico formada em 2014 por Adolfo “Dolfits” Neto (synth/voz), Tynkato (guitarra/voz), Danilo Abreu (bateria) e Lucas Lima (baixo), é uma das bandas mais originais que ouvi ultimamente, e olha que sou “rato de spotify” (que sai catando alimento musical para os ouvidos inquietos).

Para começo de papo, a banda brasiliense tocou recentemente naquele festival norte americano super hype, o South by Southwest, também conhecido como SXSW. Que é um conjunto de eventos (super bem organizados) de música, cinema e tecnologia que rola por dez dias e acontece desde 1987 em Austin, no Texas.  Os caras tem um selo, o Vai Tomar no Cover, e com ele promovem eventos colocando bandas autorais para tocar no meio da cidade com o uso de um gerador, o que faz deles uma super referência em Brasília, claro. Querem banda mais hype e engajada no #ApoieACenaLocal  e #ApoieACenaIndependente que isso?  Não fosse já o bastante, eles ainda estão no line up do Festival Tenho Mais Discos Que Amigos (que eu daria um rim para poder ir) que rola agora dia 8 de Abril.

A banda lançou ano passado o viciante EP “Como Caetano” (abaixo). Em suas faixas tem letras que vão de crítica política até críticas as tentativas de “não demonstração” de sentimentos em relacionamentos contemporâneos e suas músicas carregam um som marcado por um baixo sedutor, guitarras enérgicas e teclados vertiginosos, vale também destacar que voz e bateria também são dignos de elogio. Quando questionado sobre o título do EP, o guitarrista e vocalista, Tynkato,  brevemente entrevistado por e-mail é explícito:  “Então, o nome surgiu de um bloco, o qual fizemos no carnaval chamado ‘Divinas Tetas’, que só toca tropicalismo. A música ‘Como Caetano Disser’ já estava pronta, aí só precisamos usar o ‘Como Caetano’, como se a gente fosse comer mesmo a musica dele ou ser como ele.”

“Temos muita influência do tropicalismo, mas também da neo-psicodelia que ta rolando, principalmente aqui no Brasil. Uma banda que nos influencia bastante é o Boogarins, e outras da mesma cena de goiânia, como o Carne Doce.” acrescenta o frontman da banda, que  tem uma mini turnê marcada em solos gaúchos, onde farão TRÊS shows no fim de semana do dia 12 a 14/05, mas mais pra frente faço post contando direitinho sobre estes futuros shows que rolam pela Tomate Seco Produções.

Para 2017 a Lista de Lily também planeja começar a gravação de um novo CD. Aguardemos ansiosamente, o CD e os três shows deles no Rio Grande do Sul, claro.

quase-hype-blog-lifestyle-alternativo-musica-alternativa-rock-banda-lista-de-lily-apoie-a-cena-independente
Foto: Heder Novaes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s